Veja as causas mais comuns de infertilidade!

0

A infertilidade é algo que assombra algumas mulheres ao redor do mundo e hoje veremos: as causas mais comuns da infertilidade e quais as melhores formas de tratamento da mesma indicadas por especialistas. Acompanhe a seguir tudo que você precisa saber sobre essa condição!

Causas mais comuns de infertilidade

As causas mais comuns de infertilidade estão ligadas a diversos fatores: desde defeitos no ovário no útero até alterações de hormônios.

Causas mais comuns de infertilidade
Fonte/Reprodução: original

Veja a seguir quais delas são mais habituais.

Tireoide

Alterações na tireoide, como o hipertireoidismo e o hipotireoidismo, desequilibram os hormônios no organismo da mulher e acabam interferindo na ovulação, o que acaba dificultando a gravidez.

Ovário Policístico

A presença de vários cistos menores no ovário leva à desregulação tanto da menstruação como também da ovulação da mulher, por isso o ovário policístico é uma das causas mais comuns de infertilidade.

Trompas Inflamadas

Assalpendite, mais conhecida como inflamação nas trompas uterinas, tem relação com a infertilidade porque ela não permite o encontro do espermatozoide com o óvulo para formação do embrião. A informação pode acontecer nas duas trompas ou apenas em uma e normalmente dá sinais como: dor na relação sexual, sangramento ou dor abdominal.

Alterações no útero

O útero pode ter algumas alterações, as mais conhecidas são: o útero sepultado e pólipos uterinos, eles dificultam o embrião de permanecer no útero e pode causar abortos espontâneos.

Menopausa Precoce

A menopausa, para ser considerada precoce, deve acontecer com as mulheres antes dos 40 anos, fazendo com que elas não produzam mais óvulos. As causas podem ser diversas como quimioterapia e alterações genéticas.

Quais as melhores formas de tratamento da infertilidade

Da mesma forma em que abordamos as causas mais comuns de infertilidade, listamos agora as melhores formas de tratamento para a condição.

Quais as melhores formas de tratamento da infertilidade

Fonte/Reprodução: original

Medicação

Há remédios facilmente encontrados que regulam a tireoide, de modo que ela execute sua função, e assim acabam facilitando a gravidez.

Hormônios

Uma das melhores formas de tratar ovários policísticos é utilizando hormônios que podem estimular a ovulação. Um exemplo é o clomifeno, que ao corrigir o problema também aumenta as chances de uma gestação natural.

Cirurgia

No caso da inflamação de trompas a cirurgia é necessária, pois ela desobstrui as áreas afetadas. Também é necessária no caso de alterações no útero, para que sejam corrigidos os defeitos e a mulher possa engravidar normalmente, isso mais ou menos após dois meses da cirurgia.

Fertilização e programação

A depender da complexidade do problema, a inseminação artificial e a relação sexual programada — ou coito programado — podem ser alternativas. Hoje a fertilização in vitro é uma técnica desenvolvida e que, apesar de aparentar ser mais cara, se tornou mais acessível e viável, tendo também menos efeitos colaterais.

Atividade física e alimentação

Um possível tratamento para a menopausa precoce, além do uso de hormônios, é a prática de atividades físicas, não só esporádica, mas diariamente. Ter uma alimentação saudável, rica em vegetais, fibras e frutas também ajuda bastante.

Conclusão

É fundamental lembrar que a infertilidade não é encontrada apenas em mulheres. Alguns homens também sofrem da mesma condição, sendo as principais causas da infertilidade masculinas: presença de varizes nos testículos, estresse, tabagismo e obesidade.

Existem diversas causas para infertilidade, mas também há diversos tratamentos. Assim, é essencial o acompanhamento com um ginecologista, para que ele identifique o problema e possa te oferecer a melhor solução!

Deixe uma resposta