Quais os riscos de engravidar com toxoplasmose?

0

Medo de muitas mulheres, os riscos de engravidar com toxoplasmose são grandes para a mãe, mas principalmente para o bebê. Por isso, entender o que é a doença e suas formas de transmissão é importante para evitar o contágio.

Conheça mais sobre os riscos de engravidar com toxoplasmose, o que é essa doença, seus sintomas e como evitá-la.

O que é toxoplasmose?

A toxoplasmose é caracterizada por uma doença infecciosa transmitida por um parasita, que pode ser transmitida de algumas maneiras diferentes. Uma das formas de contágio mais comum, é através do consumo de carnes mal cozidas ou pela falta de higiene, mas a toxoplasmose também pode ser transmitida pelo contato com solo contaminado.

O que é toxoplasmose
Fonte/Reprodução: original

Muitas pessoas conhecem a toxoplasmose como a doença do gato, pois é transmitida pelas fezes de gatos infectados. Apesar de ser rara essa maneira de se contaminar, ela também é uma forma de contágio.

Como prevenir a toxoplasmose?

Por conta dos riscos de engravidar com toxoplasmose, a melhor forma de evitar essa contaminação é com cuidados de higiene e com o preparo de alimentos.

Os cuidados de prevenção que você pode tomar para evitar a toxoplasmose é consumir apenas carne bem passada e cozida, lavar e higienizar frutas e legumes, lavar sempre as mãos antes do preparo de comida.

Caso tenha gato em casa, é fundamental que ele seja alimentado de ração e não tenha acesso à rua. Além disso, gestantes devem evitar contato com a areia do gato, por isso, outras pessoas devem realizar essa higienização.

Quais os sintomas da toxoplasmose?

Na maioria das vezes, quem tem toxoplasmose é assintomático e não apresenta sintomas específicos. Porém, durante a gestação, o sistema imunológico está mais fragilizado e é nesse momento que os sintomas podem aparecer.

Quais os sintomas da toxoplasmose
Fonte/Reprodução: original

Alguns sintomas como febre baixa, dor de cabeça e mal estar podem ser percebidos. Porém, como são facilmente confundidos com sintomas de outras doenças, são ignorados.

Um dos sinais mais evidentes da toxoplasmose são as ínguas inflamadas, que aparecem principalmente na região do pescoço.

Como saber se tenho toxoplasmose

Normalmente, nas consultas iniciais de pré-natal, já é perguntado se a pessoa possui ou tem contato com gatos e nesse momento o exame já é solicitado, pois quanto antes for realizado o diagnóstico, melhor o resultado do tratamento.

Se houver suspeita de toxoplasmose, o médico irá solicitar um exame de sangue, para pesquisar se existe a infecção na mãe. Se o resultado for positivo, pode ser solicitado um novo exame chamado amniocentese, que investiga a saúde do bebê, se ele foi ou não contaminado.

Quais os riscos de engravidar com toxoplasmose?

Os riscos de engravidar com toxoplasmose existem se a contaminação ocorre durante a gravidez, sem que tenha havido nenhum tipo de contato prévio com a doença. Nesse caso, a mãe pode transmitir a doença para o feto e ocasionar problemas como:

  • Aborto espontâneo;
  • Malformações do bebê;
  • Parto prematuro;
  • Baixo peso.

Esses são problemas que podem aparecer durante a gravidez, porém outros podem ser causados após o nascimento, como:

  • Convulsões;
  • Pneumonia;
  • Icterícia;
  • Inflamação dos olhos;
  • Estrabismo;
  • Surdez.

Os problemas causados pela toxoplasmose variam de acordo com o momento da gravidez em que a infecção ocorre.

Estou grávida e tenho toxoplasmose: cuidados

Caso você esteja grávida e tenha recebido o diagnóstico de toxoplasmose, os cuidados devem permanecer antes e após o nascimento do bebê. Confira alguns cuidados que se deve tomar:

Acompanhamento médico

Conforme o estágio da gestação, o acompanhamento médico pode ser mais frequente que o normal, para monitorar a doença e reduzir os riscos envolvidos. Por isso, siga a risca todas as orientações passadas pelo médico.

Exames de rotina

Os exames de toxoplasmose e de ultrassonografia ajudam a monitorar a doença e como está a saúde do bebê. Por isso, são de extrema importância e devem ser realizados na frequência indicada pelo médico que faz o acompanhamento.

Uso de medicamentos

Para tratar a toxoplasmose, são utilizados alguns antibióticos, que devem ser tomados na dose e duração recomendada pelo médico. Caso o bebê tenha sido infectado, ele também deverá ser medicado com antibiótico logo após o nascimento.

Os riscos de engravidar com toxoplasmose são grandes para a saúde de ambos, por isso, o cuidado deve começar antes, durante e até mesmo após a gravidez.

Para evitar os riscos, realize os exames antes mesmo de engravidar, para que o tratamento se inicie antes e reduza os riscos causados pela doença.

Deixe uma resposta