Mama dolorida: em que momento da gravidez acontece e o que fazer?

0

Hoje em dia, todos nós sabemos que o período da gravidez é um momento de muitas mudanças para a mulher, como a mama dolorida. Mudanças essas que podem ser mentais, emocionais e físicas.

No período da gestação, o corpo da gestante se transforma para se adaptar ao bebê que está sendo gerado e, para se preparar até o nascimento e o pós-parto.

Uma das maiores mudanças que acontecem é a hormonal. Nesse período, o nível de hormônios que circulam pelo corpo se eleva, e devido a esse aumento, a mulher pode sentir alterações no humor, fadiga, inchaço, fome aumentada, e também alteração nos seios.

No geral, as alterações nos seios são um dos primeiros sinais e sintomas que surgem logo no início de uma gestação. Em algumas mulheres, os seios e mamilos podem ficar mais sensíveis e até mesmo doloridos. Apesar de ser um sintoma comum na maioria das mulheres, a intensidade e duração da dor sempre irá variar de organismo para organismo, e de gestação para gestação.

No texto a seguir tratamos sobre dúvidas pertinentes a essa condição comum entre as mulheres. Vem com a gente.

Por que a mama fica dolorida na gravidez?

As mamas são constituídas de tecidos, músculos, ductos, lóbulos, glândulas e a dor nos seios pode ser provocada por mudanças nessas  estruturas à medida que a mama se adaptar para que, até o nascimento do bebê, a mulher possa produzir leite.

Por que a mama fica dolorida na gravidez
Fonte/Reprodução: original

Além disso, a dor nos seios também pode ser provocada pelo ganho de peso durante a gestação e aumento de hormônios circulantes no organismo.

Quando a mama fica dolorida na gravidez?

Para a maioria das mulheres, os seios doloridos são um dos primeiros sintomas da gravidez, ou seja, começa nas primeiras semanas da gestação. Algumas mulheres podem sentir dores no primeiro e segundo trimestre, ou até mesmo até o final da gestação.

Geralmente, até o fim do primeiro trimestre as dores somem, porém, tudo irá depender de cada organismo, das ações dos hormônios e de como se desenvolverá os seios de cada mulher para a amamentação.

Como fica o bico da mama no início da gravidez?

É comum que o bico da mama e a auréola fiquem mais escuros e enrijecidos, e isso também ocorre devido às alterações hormonais e aumento da vascularização na região.

Mas, fique tranquila, as mamas possuem tendência a voltar ao normal após o período da amamentação.

O que fazer para amenizar as dores na mama na gravidez?

Um dos melhores recursos para amenizar as dores nas mamas, é usar sutiãs mais confortáveis e ofereçam boa sustentação aos seios. Nesse período, os sutiãs meia-taça talvez não sejam tão confortáveis para você.

O que fazer para amenizar as dores na mama na gravidez
Fonte/Reprodução: original

Procure sutiãs de tecidos suaves e que não tenham costura próxima ao mamilo. Vale lembrar que, à medida que os seios aumentarem, será necessário rever os tamanhos do sutiã para oferecerem mais conforto.

Outra dica importante, é que você busque posições confortáveis para dormir, de forma que não comprima os seios e os deixem mais doloridos. Aplicar compressa de água morna também pode contribuir para amenizar a dor.

Além das dores na mama quais outros sintomas?

Dentre os sintomas mais comuns da gravidez estão a mudança de humor, náuseas e vômitos, aversão a cheiros fortes e alimentos, inchaço, alterações na memória, sono e cansaço excessivo, acne, estrias nos seios, aumento da vontade de urinar, alteração na
pressão arterial, entre outros. Todos esses sintomas podem ser sentidos do início ao fim da gestação.

Por fim, é de extrema importância estar atenta aos sinais e sintomas apresentados durante a gravidez pois, alguns deles são comuns durante a gestação, porém, outros nem tanto e podem ser indicativos de alguma complicação.

Busque um médico ou uma unidade básica de saúde e faça seu pré-natal. É durante o pré-natal feitos exames de acompanhamento para assegurar que a saúde do bebê e da gestante estão saudáveis e em segurança.

E mais importante ainda, não recorra a medicamentos por vontade própria, isso pode trazer riscos não apenas à sua saúde, como também a do bebê, procure um médico.

Deixe uma resposta