Grávidas podem comer miojo?

0

Na época da gravidez, as mudanças no corpo da mulher podem levá-la ao desejo de comer tudo, até miojo, inclusive. O corpo muda e passa por novas sensações muito abruptas, e a mulher precisa se adaptar. As emoções estão em constante fluxo e a vontade de comer “besteira”, como dizem, é muito comum.

O que mais atrai no miojo é o fato de ser um alimento de preparo imediato. Quem nunca chegou em casa tarde, após um dia exaustivo de trabalho, e não lançou mão de um miojo rápido para saciar a fome e descansar logo? Mas os dias de cansaço de uma gravidez são diferentes, simplesmente porque há um bebê a caminho e todo um processo de cuidados necessários.

Visto que a alimentação é um desses cuidados, sempre fica a questão: miojo na gravidez faz mal? Grávidas podem comer miojo normalmente? Veja a seguir e tire suas dúvidas sobre o assunto!

O que é o miojo?

O nome “miojo” já nos remete ao seu local de criação, o Japão, pois essa massa frita foi inventada por um japonês: o empresário Momofoku Ando.

O que é o miojo
Fonte/Reprodução: original

O que torna o miojo um alimento tão consumido no mundo inteiro é justamente o fator da praticidade, pois basta ter água quente e, como diz na embalagem, em três minutos o macarrão fica pronto.

Ainda que o consumo do miojo no Brasil, em relação ao Japão e ao resto do mundo, tenha acontecido quase uma década depois, hoje em dia, nosso país é um dos que mais consome o afamado macarrão instantâneo.

Qual é a composição do miojo?

Apesar de ser prático e de representar uma economia de tempo e ser muito barato, o miojo é um alimento polêmico, pois sua composição é famosa pelos grandes volumes de sódio, concentrados naquele “inocente” pacotinho de tempero. De fato, todos os temperos prontos encontrados nas prateleiras de supermercado são cheios de sódio.

Mas além do excesso de sódio, a composição do miojo possui um segundo problema, que é o glutamato monossódico, que é uma substância usada para intensificar o sabor. Em algumas embalagens, o glutamato pode vir com outros nomes: proteína vegetal hidrolisada ou levedura.

Grávidas podem comer miojo?

Com todas as informações acerca da composição do miojo, já é possível inferir que esse alimento não é recomendável para ninguém, inclusive para as gestantes. Mas, por óbvio, uma pequena quantidade, desde que não seja ingerida com frequência, não causa problemas.

Em suma, a grávida pode comer miojo, mas é melhor dar preferência, na grande maioria das refeições, pelos alimentos naturais, pouco embalados. Quanto aos temperos, vale a pena utilizar os de ervas, sejam naturais ou secas, além de substituir o sal sempre que possível.

O melhor é deixar para comer o miojo só mesmo quando a vontade for muita, porque aí a refeição é, além de prazerosa, inofensiva.

O que pode fazer mal no miojo para grávidas?

Em casos nos quais as grávidas não consomem o miojo de forma moderada, existem riscos de sintomas e problemas durante a gestação, que são proporcionais ao consumo deste alimento.

O que pode fazer mal no miojo para grávidas
Fonte/Reprodução: original

Além do aumento de peso, que pode ser maior que o esperado na gravidez, há o risco de infecção renal, hipertensão, síndrome metabólica e problemas cardíacos. De acordo com estudos conduzidos pela Universidade de Harvard, 68% das mulheres que comem miojo de duas vezes por semana para cima possuem mais chance de contrair síndrome metabólica.

Toda mulher, ainda mais gestante, terá um episódio onde será praticamente impossível resistir à tentação de comer uma comida carregada de açúcar, sódio e gordura, que pode até ser o miojo de fim de noite. Por isso, o mais importante é perguntar tudo ao médico e buscar a orientação de um nutricionista, pois assim, a gravidez será repleta de momentos onde a comida não será uma fonte de preocupação, mas de prazer.

Deixe uma resposta