Como ler para seu bebê?

0

Uma das formas de intensificar a relação pais e filhos é ler para seu bebê. A leitura é uma atividade fundamental para o desenvolvimento do pequeno.

O período entre 0 a 6 anos é considerado como a primeira infância, onde ocorre o amadurecimento do cérebro, o desenvolvimento da fala, o crescimento físico e o início da vida social e afetiva.

Mas, dentro desse período, os 3 primeiros anos de vida são considerados os mais importantes para um ser humano, uma vez que é durante esse período que o cérebro está mais ativo e absorve todas as novas experiências, o que ressalta ainda mais a importância de ler para o seu bebê.

Por que devo ler para o meu bebê?

O simples fato de ler para o seu bebê pode desencadear inúmeras sensações para ele, pois o ato da leitura faz com que o pequeno se sinta cuidado e amado, já que naquele momento, a atenção está voltada para ele, e o tom da voz é uma forma de aproximação.

Por que devo ler para o meu bebê?
Por que ler. Fonte/Reprodução: original.

Além disso, a leitura estimula o cérebro, imaginação e auxilia na construção de linguagem da criança, afinal, mesmo que seu bebê não fale ainda, ele precisa do estímulo da comunicação, tanto que eles reagem com sons e movimentos quando falamos ou brincamos com eles.

Quais os benefícios de ler para o meu bebê?

Através da leitura, é possível intensificar o vínculo familiar, desenvolver a concentração e conexões neurológicas, pois naquele momento, a atenção é voltada para os detalhes e estímulos da história, que ajudam seu pequeno a entender e lidar com suas emoções que são desencadeadas através da historinha.

Inclusive, você pode ler para seu bebê ainda durante a gestação, a partir da 20° e 24° semana, pois a região responsável por processar o som já está em formação, ou seja, ele começa a escutar a sua voz.

Livros ideais para ler para o seu bebê

É importante que a história contada seja pertencente à faixa etária e fase de vida do seu pequeno, e existem livros ideais para ler para seu bebê, que são:

Livros brinquedos

O livro brinquedo é um grande estímulo sensorial por ser interativo, pois convida o bebê a participar da historinha. Como o próprio nome já sugere, com ele a leitura vira brincadeira, tornando o momento ainda mais divertido.

Tipos de livros brinquedos

Há vários tipos de livros brinquedos com objetivos diferentes, mas para os bebês, os mais indicados são os que estimulam os sentidos como os livros musicais e fantoches.

Também tem o livro de banho (mais indicado para bebês a partir do 6° mês de vida), os livros musicais são uma representação da linguagem universal, já os fantoches estimulam o tato e a curiosidade em sentir as coisas.

Livros de panos

Os livros de pano proporcionam muitos estímulos sensoriais, sonoros e visuais, às vezes possuem luzes e vibrações que acompanham os sons e musiquinhas.

Geralmente, possuem pano ou feltro em sua composição, com peças ou objetos de encaixe, de modo a desenvolver também a coordenação motora (no ato de puxar, abrir, fechar, etc).

Por que escolher livro de pano?

Pela praticidade e durabilidade do livro por conta do material, o livro de pano se permite ser mordido, riscado, e ainda assim “sobrevive”, já que pode ser higienizado e utilizado o novamente.

Alguns livros de pano podem ser lavados (mas primeiro, verifique se não possui papelão ou outro material não lavável em sua composição).

Como ler para o seu bebê?

Separamos algumas dicas para que você domine a leitura para o seu bebê:

Esteja em uma posição confortável

É recomendável que, para ler para seu bebê, você não fique deitada, porque seus movimentos ficam limitados, mas caso seja confortável para você, pode fazê-lo mesmo assim.

O ideal é fazer a leitura ao sentar, com seu bebê no colo e o livro à frente de vocês. É importante manter o contato visual em momentos alternativos durante a leitura, assim facilita para o bebê entender que você está conversando com ele.

Brinque com a voz

De acordo com a historinha, mudar o tom da voz para grave, aguda, para a voz de algum personagem ou imitar os sons de animais, é fundamental para o entendimento do bebê.

Capriche na expressão corporal

Gesticule, faça mímicas e caretas para ler a história, seu bebê irá amar e se divertir.

Deixe o bebê interagir com o livro

Permita que o bebê observe as imagens, toque nos personagens e objetos sensoriais presentes no livro, como as peças de encaixe. Aponte os personagens e os apresente também.

Cante

Alguns livros já possuem suas músicas em alguma parte da história, e elas precisam ser cantadas durante a leitura, mesmo que você não saiba o ritmo ou ache que não tem a melhor das vozes para fazer isso, cante o que puder e como puder.

Aproveite recursos lúdicos

Faça um bom uso criativo de objetos e outros recursos para dar vida aos personagens e cenas importantes da história.

Além das dicas acima, sinta-se à vontade para encaixar novas formas de ler para seu bebê, de acordo com as experiências vividas por vocês.

O que devo fazer se meu bebê não gostar da leitura?

Bebês são espontâneos, logo, prender a sua atenção pode ser um tanto difícil. Nem sempre ele estará calmo ou responderá positivamente a uma leitura, então, o principal é respeitar seu tempo e não desistir ao primeiro sinal de recusa.

O que devo fazer se meu bebê não gostar da leitura?
O que fazer. Fonte/Reprodução: original.

Criar uma rotina de leitura é o ideal para que seu bebê se acostume com esse hábito. Ela pode ser feita antes da soneca da tarde, ou antes de dormir à noite.

Ler para seu bebê antes de dormir pode estimular seu inconsciente nos sonhos, pois os bebês costumam sonhar com sons, cores, formas e sensações do cotidiano.

O meu bebê entende o que leio para ele?

Seu bebê pode não falar, mas com certeza ele se comunica e até mesmo te responde, seja com sons ou com movimentos do corpo (já notou como ele reage ao balançar as perninhas quando está alegre?).

A compreensão dos bebês varia de um para outro, porque cada um possui o seu próprio ritmo. Mas, uma coisa é certa, a compreensão é desenvolvida e a leitura auxilia para isso ocorrer.

Faça com que essa experiência seja singular e prazerosa não apenas para o seu bebê, mas também para você, de modo que ambos possam aproveitar da leitura e se conectarem.

Deixe uma resposta