Como aumentar a produção de leite materno de forma natural?

0

Muitas mulheres têm uma grande preocupação com a produção de leite materno desde o comecinho da gestação. Apesar de ser uma preocupação comum, grande parte das mulheres não sofre de nenhum tipo de problema quanto a essa produção de leite materno.

Porém, algumas dicas podem auxiliar a aumentar essa produção de leite, principalmente para mulheres que sofrem com uma produção mais baixa.

Conheça como funciona a produção de leite materno e como você pode estimular e aumentar essa produção.

Existem formas para aumentar a produção de leite materno naturalmente?

Sim, existem diversas maneiras de aumentar a produção de leite de forma natural, sem precisar de medicamentos. Algumas pequenas mudanças de hábito, já ajudam muito a estimular essa produção.

Alimentos para produzir mais leite materno

Alguns estudos já comprovam que diversos alimentos têm grande importância na produção de leite e quando consumidos com frequência, podem auxiliar a aumentar a produção de leite materno.

Alimentos para produzir mais leite materno
Fonte/Reprodução: original

Você pode inserir na sua alimentação alimentos como alho, aveia, gengibre, feno-grego, spirulina e bebidas feitas à base de cereal. É claro que seu médico sempre deve ser consultado antes de realizar esse tipo de mudança na alimentação.

Hábitos para produzir mais leite materno naturalmente

Além da alimentação, mudanças de hábitos são as maiores responsáveis por aumentar a produção de leite materno de forma natural. Confira a seguir como essas mudanças simples podem te ajudar:

Amamentação por livre demanda

A livre demanda é a amamentação livre, sem horários marcados, amamentando sempre que o bebê desejar. Quanto mais esse seio for estimulado, o corpo entende que a necessidade do bebê é grande e acaba por produzir cada vez mais leite.

Estimule com a bombinha

Se o bebê não mamar tudo o que você precisa para estimular, você consegue realizar isso com a ajuda da bombinha. Esvaziar os seios completamente após a mamada também ajuda na produção hormonal e consequentemente no aumento da produção de leite materno.

Você pode pegar o leite tirado com a bombinha e congelar para oferecer depois ou ainda doar para bancos de leite em hospitais.

Beba muita água

A hidratação do corpo da mãe também é um ponto chave para aumentar a produção de leite materno. As lactantes devem beber o dobro de água do que o normal, podendo chegar até 4 litros de água por dia.

Uma dica importante é consumir no mínimo 350ml ou um copo de água antes e depois de amamentar. Além disso, outros líquidos como água de coco, sucos e chás também devem ser inseridos na rotina da lactante.

Descanse

Descansar é importante para o bom funcionamento de qualquer corpo. Mas quando falamos de um corpo que está sendo responsável por alimentar outro, esse descanso se torna ainda mais importante e fundamental. Por isso, descanse o máximo possível após as mamadas e evite atividades que exijam um esforço maior.

O que pode fazer a produção de leite materno cair?

Diversos problemas podem afetar a produção de leite materno, fazendo com que ela diminua consideravelmente. Confira alguns desses fatores e evite-os o máximo possível:

O que pode fazer a produção de leite materno cair

Fonte/Reprodução: original

Estresse e ansiedade

Apesar de comum, esses fatores devem ser evitados ao máximo nas mamães e futuras mamães. Isso porque eles afetam diretamente os hormônios, fazendo com que a produção de leite caia. Se necessário, procure ajuda de um psicólogo ou terapeuta para aprender a lidar melhor com as questões.

Medicamentos

Grávidas e lactantes devem usar medicamentos apenas sob prescrição médica por terem grande efeitos no bebê e na amamentação.

O medo da produção de leite materno ser insuficiente é um receio que muitas mulheres têm. É justamente esse medo que pode acabar ocasionando uma ansiedade e de fato prejudicando a amamentação. Por isso, converse sempre com seu médico e se necessário, contrate uma consultora de amamentação, que irá te ajudar a sanar todas as dúvidas e proporcionar uma amamentação tranquila e de uma conexão única entre mãe e filho.

Deixe uma resposta